terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Os americanos gritam contra o aborto, mas a mídia insiste em silenciar.



A maior marcha de sempre contra o aborto

Fonte: http://bloguedofirehead.blogspot.com.br/


  27 de janeiro, dia de São João Crisóstomo.



Decorreu em Washington, EUA, a maior marcha de sempre a favor da vida. O March for Life, que acontece todos os anos no dia 22 de Janeiro, aniversário do julgamento Roe vs Wade que estabeleceu o direito constitucional ao aborto nos EUA em 1973 e que já custou mais de 59 milhões de vidas, reuniu este ano cerca de meio milhão de pessoas. Entre os manifestantes havia pelo menos uma pessoa que levava uma imagem da Nossa Senhora de Fátima e uma faixa que dizia America needs Fátima (a América precisa de Fátima).


À exceção dos meios de comunicação católicos e conservadores como o National Catholic Reporter, ou a Renascença, esta notícia passou propositadamente ao lado da imprensa. Para os grandes média a vida é uma banalidade e este tipo de coisas não interessa a ninguém, logo não convém chamar a atenção que é para continuar a influenciar a informação. Se fosse uma manifestação a favor do aborto, aí sim, seria manchete.


Para ver mais visite a página do Firehead aqui.

Nenhum comentário: