quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Na ausência dos Templários, surgem os veteranos norte-americanos cristãos.




Um cristão entre os curdos e os terroristas do ISIS
By Adilson J. da Silva
18 de fevereiro, início da quaresma.
Recentemente o portal insider.foxnews.com trouxe uma notícia interessante: a de que um veterano norte-americano está lutando junto com a minoria curda contra os terroristas do ISIS. Mas ele não é apenas um veterano de guerra, é um cristão de grande coragem e amor por um povo praticamente abandonado. Seu nome é Jordan Matson.


Matson vem lutando contra as monstruosidades do ISIS desde setembro do ano passado. Em seu colete estão escritas as seguintes palavras: "Cristo é o Senhor".


Ao contrário do que muitos poderiam pensar, Matson não é nenhum mercenário pago por alguma organização do Ocidente. Não. Sua decisão de lutar ao lado dos curdos foi pessoal e unilateral. Percebendo, a inércia tanto de governos locais quanto de governos ocidentais, ele decidiu agir por conta. Ainda segundo o veterano, curdos e sírios estão não estão recebendo absolutamente nenhum apoio financeiro ou militar por parte do governo dos EUA.

Para os que não lembram ou não acompanharam as guerras entre os EUA contra o Iraque, os curdos sempre foram uma minoria hostilizada pelo Iraque. Já foram alvo do tirano Sadan Hussein. Na década de 80 cerca de 5 mil pessoas, na maior parte mulheres e crianças, morreram pela brutal combinação de gases mostarda, sarin, tabun e XV lançada por caças iraquianos. Agora, o ISIS é mais nova e sanguinária ameaça contra esse povo.



Leia mais sobre a matéria no http://insider.foxnews.com/

Nenhum comentário: