sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Para Obama as monstruosidades do ISIS se assemelham à luta dos cristãos durante as Cruzadas.



As monstruosidades de Barack Obama: como funciona a mente socialista de um serviçal de George Soros!
By Adilson J. da Silva


6 de fevereiro, dia de São Paulo Miki e companheiros.
  
Não, leitor, não é uma piada. O presidente dos EUA, Barack Obama, fiel cachorro do magnata e globalista George Soros, comparou as atrocidades e monstruosidades do grupo terrorista ISIS com a luta dos cristãos contra as invasões islâmicas nas chamadas cruzadas, ocorridas durante a Idade Média. O fato aconteceu na manhã de ontem (horário de Washington), durante um evento chamado National Prayer Breakfast. As declarações de Obama ocorrem apenas dois dias após os terroristas do ISIS assassinarem o piloto jordaniano de forma cruel. Leia mais sobre o assunto no site da foxnews.com .

Obama, um autêntico comunista e verdadeiro simpatizante do islamismo, sabe muito bem que mentiu. Ele sabe muito bem o que faz. Seus anos de aprendizado com Saul Alinky fortaleceu seu espírito revolucionário. É prática comum aos políticos esquerdistas mentir e difamar o cristianismo, mesmo quando apontem o contrário. 
Infelizmente, no Brasil a maioria das pessoas jamais terão acesso a notícias diárias (e até mensal e anual) sobre as canalhices cotidianas de Barack Obama. Nossos principais telejornais, para os quais Obama é um santo, não se ocupam da verdade.

Gostaria muito de citar inúmeros casos da depravação desse presidente canalha dos EUA, por enquanto o pior na história desse país. Não sou, porém, a pessoa ideal para o fazer. Creio que o portal midiasemmascara.org já faz isso com bastante riqueza e profissionalismo de seus cooperadores. Mas não resisto a vontade de dizer: Obama é aquele tipo de esquerdista que defende as aberrações esquerdistas além dos limites que os idiotas úteis estão acostumados a respeitar. Prova disso foi sua posição de abortista radical. Quando foi senador pelo estado de Illinois, ele votou quatro vezes para que crianças que nascessem vivas após tentativas de aborto fossem deixadas sem cuidados para que morressem: à moda da China! Não apenas isso: Obama tem histórico de vetar leis que protejam a vida de bebês ainda no útero materno.

2 comentários:

Eduardo Silva disse...

Ótima crítica, meu caro Adilson.

Adilson J. da Silva disse...

Grato, nobre Eduardo. Infelizmente não aconteceu no Brasil o que está acontecendo nos EUA. Chuvas de artigos contra a canalhice de Obama estão enchendo os jornais por lá.