terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Estudo da língua portuguesa cresce nos EUA



O português é a terceira língua que mais cresce nas universidades americanas
Fonte: firehead


Há cada vez mais alunos universitários nos EUA a estudar português. Entre 2009 e 2014 registou-se um aumento de mais de 10%, sendo a terceira língua com o maior crescimento nesse período de tempo marcado pela diminuição de forma geral do número de alunos que estudam línguas estrangeiras (6,7%).

Segundo a Modern Language Association, existem agora 12.415 alunos estudando a língua de Camões. O coreano teve a maior procura (44,7%), muito possivelmente devido à K-pop ou às novelas coreanas, seguido da linguagem gestual (19%). O chinês foi o último das quatro línguas que cresceram (2%). "Classificamos duas destas línguas como não-europeias e notamos que o aumento dramático do português é paralelo ao aumento da atenção prestada ao Brasil", escrevem os autores do relatório (o BRIC Brasil, claro, como não podia deixar de ser...). Já o espanhol, a língua estrangeira que ainda é a mais estudada, caiu em todos os níveis (tem cerca de 790 mil alunos, mais que todas as outras línguas juntas) e seguida de longe pelo francês.

Em relação à descida geral no número de alunos que estudam línguas estrangeiras, a diretora-executiva da associação que elaborou o relatório, Rosemary Feal, desvalorizou a questão. "Não sabemos se o que aconteceu é apenas parte de uma descida geral nos cursos de humanidades. Muitos alunos tiveram neste período a necessidade de centrar a sua educação naquilo que é essencial para o mercado de trabalho", disse, lembrando que o relatório se reporta ao período mais difícil da crise financeira.

Pelos vistos parece que os estrangeiros sabem valorizar mais a língua portuguesa, uma das línguas mais faladas do mundo, que muitos dos falantes nativos.

Leia mais no blogue do firehead.

Notícias sobre Dante e Llull

750 anos de Dante Allgheri-e Raimundo Llull
 
 24 de fevereiro, dia de São Sérgio.
Dante colocou Maomé no inferno (oitavo círculo) como herege. Já Llull recebeu visões de Cristo mandando-o pregar o cristianismo para os muçulmanos, e acabou sendo morto por eles.

Hoje, Dante Alligheri não conseguiria publicar nada, pois seria muito ofensivo e o Beato Ramon Llull (Raimundo Lúlio) seria expulso da Igreja, como perturbado moralmente.


Este ano comemora-se 750 anos de nascimento de Dante e também 750 anos que Ramon Llull decidiu aprender árabe para pregar para os muçulmanos e seguir o que Cristo pedia.


Leia mais na página do thyselfolord.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Um breve poema ao pequeno Inácio


Publico hoje no blog algo muito pessoal: um breve poema livre. Escrevi esse texto em homenagem a um pequeno garotinho de 3 anos, filho do belo e tão devoto casal, Jaqueline e Francisco, ambos integrantes do Grupo de leigos São Pio V, comunidade que, aliás, tem me recebido em seu seio, e de mim e meus filhos tem cuidado com amor. Tenho encontrado nesse grupo uma alegria imensurável desde que abandonei o protestantismo. Tal prazer não encontraria em outro lugar, creio eu. Antecipo ao leitor que não sou escritor e nem tenho a menor intenção de o ser. Para os que desconhecem, Inácio tem um grande amor pela profissão de bombeiros, e desde que participei de sua festa de aniversário no ano passado, nunca esqueci do seu grande carinho pelos heróis do fogo. Foi uma festa muito linda. Produzi o presente texto, porém, como forma de expressar meu carinho, como também compensar, ainda que de modo simples, as alegrias que esse garotinho tem proporcionado a todos os membros do grupo.


O bombeiro Inácio
By Adilson J. da Silva
 

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Corajoso e destemido!

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Não tem medo do perigo!

De capacete e com seu machado na mão,
Enfrentar perigos mil, vai em seu possante caminhão.
Mantendo-se corajoso e valente.

E no peito o coração forte batendo.
Valha-me, Nosso Senhor Jesus!
Valha-me, Nossa Senhora Virgem Maria!
Com muita fé e coragem, reza o bombeiro Inácio com alegria.

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Aplicado e resoluto!

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Sagaz e altaneiro!

O incêndio cruel e mal, ao avistar de longe,
Com seu EPI contra ele se irrompe,
Com a mangueira lança água e vida.
E logo o sinistro malvado se dissipa!

Sacratíssimo Coração Jesus, dá-me amor pelas vidas!
Imaculado Coração de Maria, não deixe que me domine a covardia.
Rezando assim, o bombeiro Inácio sente paz e alegria.

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Corajoso e destemido!

Fá, dó, fá, dó!
Lá vai o bombeiro Inácio!
Fá, dó, fá, dó!
Não tem medo do perigo!
Fá, dó, fá, dó! Lá vai o bombeiro Inácio!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Missa Tridentina para todos


Católicos, não faltem ao Santo Sacrifício!
19 de fevereiro, quinta-feira depois de Cinzas.

Aos visitantes deste blog:

Para todos os católicos (e não católicos) que moram em Curitiba ou na região Metropolitana, e para quem está de passagem pela cidade, comunicamos que haverá Missa Tridentina no dia 22 de fevereiro de 2015. Observe as informações abaixo sobre o local e o horário do evento

Horário da Santa Missa: 11h00 (da manhã);

Sacerdote: padre Renato Arnellas Coelho do IBP;

Local: Capela Nossa Senhora Aparecida (Capela da Polícia Militar do Paraná, PMPR);

Endereço: Av. Marechal Floriano Peixoto, 2057, Rebouças, Curitiba – PR (entre as ruas Almirante Gonçalves e Baltazar Carrasco dos Reis).
Mapa para consulta veja aqui.


Fonte da informação: blog Grupo de leigos São Pio V.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Na ausência dos Templários, surgem os veteranos norte-americanos cristãos.




Um cristão entre os curdos e os terroristas do ISIS
By Adilson J. da Silva
18 de fevereiro, início da quaresma.
Recentemente o portal insider.foxnews.com trouxe uma notícia interessante: a de que um veterano norte-americano está lutando junto com a minoria curda contra os terroristas do ISIS. Mas ele não é apenas um veterano de guerra, é um cristão de grande coragem e amor por um povo praticamente abandonado. Seu nome é Jordan Matson.


Matson vem lutando contra as monstruosidades do ISIS desde setembro do ano passado. Em seu colete estão escritas as seguintes palavras: "Cristo é o Senhor".


Ao contrário do que muitos poderiam pensar, Matson não é nenhum mercenário pago por alguma organização do Ocidente. Não. Sua decisão de lutar ao lado dos curdos foi pessoal e unilateral. Percebendo, a inércia tanto de governos locais quanto de governos ocidentais, ele decidiu agir por conta. Ainda segundo o veterano, curdos e sírios estão não estão recebendo absolutamente nenhum apoio financeiro ou militar por parte do governo dos EUA.

Para os que não lembram ou não acompanharam as guerras entre os EUA contra o Iraque, os curdos sempre foram uma minoria hostilizada pelo Iraque. Já foram alvo do tirano Sadan Hussein. Na década de 80 cerca de 5 mil pessoas, na maior parte mulheres e crianças, morreram pela brutal combinação de gases mostarda, sarin, tabun e XV lançada por caças iraquianos. Agora, o ISIS é mais nova e sanguinária ameaça contra esse povo.



Leia mais sobre a matéria no http://insider.foxnews.com/